Política de devolução de 365 dias - sem perguntas nem justificações!
Envio 4 € - Grátis a partir de 49 €-
Contacte-nos
Favoritos
Carrinho

O que é um relógio monoponteiro de 24 horas e porque deve usar um

Respondemos às perguntas mais comuns sobre os relógios monoponteiro com um mostrador de 24 horas. Desde acertá-lo a ler as horas, descubra como ver as horas de forma diferente pode inspirá-lo a ver a sua história com uma nova luz.

Com um relógio monoponteiro de 24 horas, o ponteiro só passará uma vez no mostrador por dia. De certa forma, o tempo passa a ser menos sobre os segundos e os minutos e mais sobre os eventos que acontecem ao longo da viagem.

Os relógios monoponteiro são concebidos para pessoas que decidem pôr-se a si próprias como organizadores do seu tempo. Como um sábio disse um dia, ''Vivemos todos a mil a hora. É bem provável que possa precisar de um dia de folga. Como faziam os nossos antepassados. E faça uma pausa bem merecida.

A vida está nas suas mãos. E não nas mãos do seu relógio.”

1 O que é um relógio monoponteiro de 24 horas e porque deve usar um1.1 O que é um relógio monoponteiro de 24 horas?1.2 Como funciona um relógio monoponteiro?1.3 Como ler as horas num relógio de 24 horas com um só ponteiro1.4 Como acertar a hora num relógio monoponteiro de 24 horas?1.5 História do tempo — porque usamos 24 horas1.6 Porquê usar um relógio de 24 horas?

O que é um relógio monoponteiro de 24 horas?

A maioria dos relógios analógicos que usamos hoje em dia tem 2 ou 3 ponteiros. Estes indicam as horas, os minutos e os segundos. Um relógio analógico monoponteiro tem apenas 1 ponteiro.Se for o mostrador familiar de 12 horas, esse ponteiro rodará o mostrador 2 vezes ao dia — 12 horas por revolução. Se for um mostrador de 24 horas, o ponteiro faz uma revolução completa por dia — 24 horas para um círculo completo.

A escala de 24 horas usa os números de 1 a 24 para indicar as horas do dia. A ideia de mostrar as horas com apenas um ponteiro não é uma tendência nova ou um esquema de marketing duvidoso. Quando os relógios de bolso foram fabricados pela primeira vez, apenas indicavam a hora... tal como os relógios solares antes deles. Foi só em 1680 que o ponteiro dos minutos foi adicionado mas só se tornou comum muito depois.

Um relógio monoponteiro com um mostrador de 24 horas não deve ser confundido com um relógio de campo com múltiplas complicações e com um submostrador para a hora militar. Os relógios monoponteiros não foram concebidos para o homem que procura precisão militar. Bem pelo contrário, na verdade. Os relógios monoponteiros são especificamente concebidos para serem minimalistas e evitar a confusão de ter 2 ponteiros extra.

Hoje em dia, com smartphones, notificações e alertas a toda a hora, é muito difícil não saber que horas são. A beleza destes relógios é que eles eliminam o stress de ter que chegar constantemente à horas e o fascínio de ver a passagem de cada segundo, cada minuto e cada hora de... bem, sabe o que estamos a dizer.

O intervalo entre cada indicador permite determinar como usará o seu tempo.E como aproveitar ao máximo a viagem única que o ponteiro faz à volta do mostrador.

Como funciona um relógio monoponteiro?

Um relógio analógico com um único ponteiro funciona da mesma forma que um relógio com 3. É o movimento do relógio, ou calibre, que o faz funcionar. É alimentado por um movimento automático, mecânico ou de quartzo.

  • Movimento automático — O mecanismo dentro do relógio é alimentado pela energia cinética do seu pulso.
  • Movimento Mecânico — O relógio requer corda manual pela coroa para funcionar.
  • Movimento a quartzo — Uma pilha alimenta o relógio.

Os relógios monoponteiros podem ser concebidos com um mostrador de 12 horas ou com um mostrador de 24 horas. Não existe uma regra universal que determine como os minutos e os números devem ser exibidos.

Algumas marcas usam um mostrador de 12 horas com 144 marcas que representam 5 minutos cada, enquanto outras utilizam uma mostrador de 24 horas com 144 marcas que representam 10 minutos cada.

Quer esteja a usar um relógio monoponteiro com um mostrador de 12 ou 24 horas, o ponteiro representa o ponteiro das horas e funciona tal como um relógio tradicional de 3 ponteiros. Ele apenas ignora os minutos e os segundos. Pense nisso como uma oportunidade de escapar à passagem do tempo.

Como ler as horas num relógio de 24 horas com um só ponteiro

Ler as horas num relógio de 24 horas com um único ponteiro requer um pouco de prática. Não é um relógio no qual olha e vê a hora exata... então, se for uma pessoa pontual, tenha isso em consideração.

Um relógio de 24 horas imita o movimento da própria Terra — com o ponteiro a fazer apenas 1 rotação a cada 24 horas.

Dependendo do design do relógio, normalmente encontra o meio-dia no topo do mostrador (onde sempre esteve) e a meia-noite em baixo (onde normalmente encontramos as 6 horas em mostradores normais). Este movimento imita o nascer do sol durante o dia — quando chega ao seu ápice ao meio-dia — e o pôr do sol à noite.

Alguns relógios de pulso de 24 horas colocam a meia-noite no topo e o meio-dia em baixo. Alguns colocam-nos nas posições tradicionais das 9 e 3 horas. Seja qual for a disposição, estas 2 horas — meia-noite e meio-dia — estarão sempre em frente uma da outra.

Para ler a hora num relógio monoponteiro de 24 horas, tem de perceber que o dia é um círculo completo e esquecer o que aprendeu na escola primária.

Dê uma vista de olhos nos esboços abaixo. Verá que o mostrador está dividido em incrementos de 10 minutos. Isto torna quase impossível saber a hora exata ao minuto. Mas é assim tão mau chegar às 14h56 em vez de 14h58?

Se é europeu, a ideia de um dia com 24 horas não é insólito. Mas para os nossos amigos americanos, o formato de 24 horas é normalmente reservado aos militares e aos cientistas, e, portanto, talvez exija algum tempo para de adaptação.

Qual é o maior inconveniente de usar um relógio monoponteiro?

A principal desvantagem de um relógio monoponteiro é que requer alguma aprendizagem. Quer esteja confortável com o formato de 24 horas ou não, reaprender as posições dos indicadores leva tempo.

Quando o ponteiro aponta para as 3 horas,são agora 18:00 num relógio de 24 horas. Os relógios Aviator foram concebidos com o ícone do triângulo no topo (meio-dia) para que possa olhar rapidamente e saber as horas. Este aspeto prático não acontece com um relógio monoponteiro de 24 horas.

Mas mesmo com a curva de aprendizagem, há algo simbólico no círculo completo que a mão faz todos os dias. Apesar dessa curva de aprendizagem, há um certo simbolismo na rotação completa que o ponteiro faz a cada dia.Talvez tenhamos visto muito o Rei Leão mas o grande círculo da vida emociona-nos sempre.

Como acertar a hora num relógio monoponteiro de 24 horas?

Acerte a hora de um relógio analógico monoponteiro da mesma forma que acerta um relógio de 3 ponteiros. Acerta-se a hora com a coroa. Porque cada marca é diferente, siga o manual de instruções que acompanha o seu relógio.

Sugerimos acertar a hora na hora certa ou meia hora. Estas são as marcas mais fáceis de identificar no mostrador e permitem-lhe acertar a hora com precisão.

Se é um novato no mundo dos relógios de 24 horas, comparamos aqui as horas num relógio de 12 horas com um de 24 horas. Listamos apenas as horas a partir do meio-dia, sendo as da manhã (a.m.) as mesmas para cada formato.

História do tempo — Porque usamos 24 Horas

Em quase todo o mundo, o formato de 24 horas é o método padrão de ler as horas.Embora os nossos amigos americanos possam discordar, a escala de 24 horas permite não confundir as 10h da manhã (a.m.) com as 10 h da noite (p.m.)Nunca terá de preocupar-se de estar 12 horas adiantado para um voo das 6h00 quando sabe que descola às 18h00.

No mundo anglo-saxónico (mesmo nos EUA), o formato de 24 horas é referido como "tempo militar" porque é mais frequentemente utilizado nas forças armadas e em profissões onde a precisão é fundamental e a confusão é evitada a todo o custo.

Mesmo que a maioria das pessoas use e compreenda o formato de 24 horas, a grande maioria dos relógios analógicos utiliza um mostrador de 12 horas. Não é raro encontrar um submostrador em alguns relógios com os números de 13 a 24.Até alguns relógios de campo têm outro círculo de números debaixo dos marcadores padrão que representam os números de 13 a 24.

Se a maioria das culturas à volta do mundo agem no formato de 24 horas, porque é que os relógios analógicos não são concebidos dessa forma?Para responder a essa questão, temos de voltar ao início dos tempos... ou pelo menos ao Egito antigo.

O nosso dia de 24 horas vem dos egípcios. Foram os primeiros a dividir um dia em dois segmentos de 12 horas. Começaram com 10 horas diurnas e adicionaram 1 no início e 1 no fim para o crepúsculo. Estas 10 horas eram medidas por relógios solares, enquanto a noite era dividida em 12 horas monitorizadas consoante as estrelas.

Os egiptólogos (não nós!) acreditam que os antigos egípcios não monitorizavam os minutos ou os segundos. Imaginamos que teriam adorado os nossos relógios de 24 horas! Também dividiram um mês em 3 semanas de 10 dias cada. O início do mês era marcado pela Lua Nova... talvez também tivessem gostado de um relógio com as fases da lua?

Agora que os dias de 24 horas estão definidos... porque é que há 60 minutos numa hora e 60 segundos num minuto? Podemos agradecer aos babillonianos, que usaram um sistema sexagesimal (uma palavra elegante para contar em 60 segundos), por todas as coisas relacionadas com a matemática e a astronomia. Derivaram este sistema dos sumérios que o usavem por volta de 2000 a.C. Aprendemos coisas todos os dias, certo?!

Se voltarmos no tempo, encontraremos também os relógios de velas chineses, os relógios hidráulicos de origem persa e os relógios de incenso japoneses para finalmente chegar aos relógios como os conhecemos hoje.Na época medieval, a maioria utilizava o mostrador analógico de 24 horas. Um dos exemplos mais antigos é o relógio astronómico de Praga... e continua a funcionar! Mas este sistema foi gradualmente substituído nos séculos XIV e XV pelo sistema de 12 horas.

À medida que o formato de 12 horas com um ponteiro de horas dando duas voltas ao mostrador todos os dias se tornou padrão, novas palavras de vocabulário associadas ao tempo tiveram que ser inventadas.Os termos latinos ante meridiem (a.m.- "antes do meia-dia") e pós meridiem (p.m. - "depois do meio-dia") eram usados para distinguir o dia da noite.

Usar um relógio de 24 horas não é bem uma novidade. Não é uma tendência nova ou algo que inventámos. É assim que tudo começou.

Os antigos egípcios construíram pirâmides sem saberem o minuto e o segundo exatos de cada hora. Se eles puderam fazer isso... certamente pode fazer algo da sua história também.

Porquê usar um relógio de 24 horas?

Talvez trabalhe num centro de investigação na Antártida e não faz ideia se é de dia ou de noite. Ou talvez seja astronauta com o mesmo problema. Ou — apostamos que esta é a verdadeira razão — acha que um relógio monoponteiro de 24 horas é singular e quer que o ajude a contar a sua história.

Este ponteiro não passará duas vezes no mesmo sítio até amanhã.Só tem uma hipótese de aproveitar ao máximo cada momento que passa.Uma oportunidade hoje de aproveitar esse tempo — mesmo se for apenas almoçar ou ler este artigo, este é o momento. Faz parte da sua história agora. Esses momentos combinados compõem a sua vida.

E com esta nova maneira de ver as horas, poderá encontrar uma nova maneira de olhar para tudo o resto.E isso parece-nos bastante positivo.