Política de devolução de 365 dias por qualquer motivo
Envios grátis em encomendas acima de 39 €
i
308 813 344 - (dias úteis: 09h - 17h)
Todos os acessórios
Accessórios para fato
Joalharia
Malas e Carteiras
Procurar resultados para ""
Envios grátis em encomendas acima de 39 €
i
Trendhim
×
Idioma:
Todas as categorias
Alfinetes de lapela
Anéis
Barbear
Botões de punho
Brincos
Cachecóis
Camisas
Carteiras
Chapéus
Cintos
Colares
Cuidados para a barba
Gravatas
Laços
Lenços de bolso
Luvas
Malas
Molas de gravata
Pulseiras
Relógios
Suspensórios
Óculos de sol
308 813 344
Dias úteis: 09h - 17h
Ninguém gosta de janelas Pop-up

E como temos noção disso… vamos ser o mais breves possível. Subscreva a nossa newsletter e aceda a descontos e ofertas semanais - enviadas diretamente para o seu email.

Ups! Precisamos do seu e-mailEndereço de e-mail inválido
Obrigado

Prometemos enviar-lhe apenas os nossos melhores conteúdos!

Fechar
Junte-se à Trendhim e mantenha-se atualizado!

Tudo o que precisa de saber sobre os furos nas orelhas

Tudo o que precisa de saber antes de furar as suas orelhas - desde quais os tipos de brincos existentes, ao furo em si e tudo o que anda no meio. Com as dicas do profissional de body piercing Hank Martin.

Todos conhecemos "aquele" rapaz. Aquele que bebeu um pouco para além da conta num festival de música no verão passado e acordou com um piercing...e talvez também com uma tatuagem. Criámos este guia para que não seja esse rapaz.

E uma vez que não percebemos nada de piercings e de furos, aconselhámo-nos junto do Hank Martin da Benny Black Tattoo. Com mais de 10 anos de experiência no body piercing, não temos dúvidas que vamos aprender imenso com ele.

Encontre o estúdio certo e prepare-se

Uma das etapas mais importantes antes de fazer um piercing ou um furo na orelha é a pesquisa que deve fazer antes de marcar encontro com a agulha.

“Ao procurar um estúdio, devemos pesquisar os comentários deixados online e as fotos do trabalho que realizam” diz Hank, que possui o título oficial de Body Piercer Profissional. “Contacte-os e pergunte-lhes quais são os procedimentos de esterilização dos instrumentos utilizados no piercing e se usam agulhas descartáveis. Adicionalmente, procure saber de que material são fabricados os brincos e piercings. Todos os brincos e piercings devem ser em aço cirúrgico, em titânio, em ouro 14k, em bioplástico PMFK (um tipo de plástico utilizado em ambiente hospitalar) ou em pedra ou madeira natural (para os alargadores).”

Se o equipamento não é novo ou não é devidamente esterilizado ou se os requisitos de higiene não são respeitados, podem ocorrer doenças transmitidas pelo sangue, como a hepatite B e a C. Faça a si próprio as seguintes perguntas antes de marcar o procedimento.

  • “O estúdio parece seguir as normas de higiene? A sala do body piercing está separada da sala das tatuagens?”
  • “Os instrumentos são esterilizados numa autoclave? Uma autoclave é como uma panela de pressão. Utiliza vapor, calor e pressão para esterilizar os objetos. Se o estúdio não tiver nenhuma autoclave (ou um esterilizador a gás ou pelo calor), pense seriamente em descartar esse estúdio.”
  • “As agulhas são abertas à sua frente antes de iniciar o processo de piercing/furo? Apenas uso agulhas descartáveis pré-esterilizadas. A segurança é o mais importante.”
  • “O body piercer usa luvas em látex? Os profissionais devem usar sempre luvas e higienizar a sua área de trabalho após cada trabalho. Se eu toco em algum sítio fora da minha área de trabalho, mudo logo de luvas.”
  • “Usam pistola? O body piercer profissional apenas usa agulhas para fazer um piercing. Se usam pistola, não são profissionais.”
  • “Sente-se confortável no estúdio? Qualquer estúdio com boas práticas de esterilização não colocará entraves em mostrar-lhe a autoclave e explicar-lhe os procedimentos. Há alguma coisa que o preocupa? Se sim, saia!”

Uma vez encontrado o estúdio e marcada a intervenção, “prepare-se devidamente evitando beber bebidas alcoólicas e fumar em demasia alguns dias antes do procedimento. E não se esqueça de tomar banho e de ter a área a intervencionar devidamente limpa.”

Tipos de furos nas orelhas

Existem imensos tipos de furos que pode fazer nas orelhas. Pergunte a um especialista em body piercing o nível de dor, os custos e como cuidar dos diferentes tipos de furos. A ajuda dele será preciosa!

  1. Helix – É a conhecida perfuração na cartilagem (ou piercing de cartilagem), do topo da parte externa da orelha.
  2. Industrial – É uma técnica com dois furos (helix) na borda exterior da cartilagem na parte superior da orelha, geralmente com uma joia em formato de bastão.
  3. Auricular – Furo na cartilagem exterior a média altura.
  4. Antihelix – Conhecido também como forward helix, é quando a perfuração é feita na parte da cartilagem interior da orelha.
  5. Snug – Já o snug é feito geralmente à frente do ouvido, na parte interna (o centro da orelha) e inferior ao rook/antihelix.
  6. Rook – O rook é um tipo de furo feito no interior da orelha, numa parte mais sensível e com bastante cartilagem, por isso, costuma doer mais quando a água atravessa essa área.
  7. Orbital – É a conhecida argola, no movimento que o próprio nome indica: cada lado atravessa um furo diferente na orelha.
  8. Daith – É aquela perfuração feita na parte interna da orelha, acima do ouvido.
  9. Concha – A concha é feita atravessando toda a cartilagem da orelha, geralmente com um furo na parte de trás.
  10. Tragus – O tragus, no caso do piercing na orelha, fica naquela aba mais próxima da bochecha.
  11. Antitragus – Como o próprio nome revela, é a parte oposta ao tragus, aquela aba acima do lóbulo da orelha.
  12. Lóbulo – Furo na parte inferior do lóbulo.
  13. Lóbulo superior – Furo na parte superior do lóbulo.
  14. Lóbulo transversal – O lóbulo é aquela parte ‘macia’ da orelha onde são colocados brincos e alargadores. No caso do piercing, pode ser inserido um modelo transversal horizontal, geralmente aqueles em formato de lança.

Fazer um piercing dói?

O Hank tem lóbulos alargados em 20 mm e apresenta o septo furado, por isso sabe muito bem o que é sentir dor para alcançar o que se pretende. "Todos os piercings doem de uma maneira ou de outra. A dor deve durar apenas um segundo mas a área pode ficar dorida durante mais ou menos uma semana. A área que menos dói são os lóbulos e a área que mais dói são os mamilos.”

Cuidados a ter após o furo

Dependendo do local onde fez o furo, "o processo de cura pode levar entre 2-6 semanas para um lóbulo e de 6-12 meses para um piercing no umbigo." Hank recomenda a todos os seus clientes do Benny Black "usar um sabonete antibacteriano sem cheiro duas vezes por dia e limpar com soro fisiológico 2-4 vezes por dia."

Manter a infeção no mínimo vale o esforço extra. A maioria das farmácias vende soluções de lavagem de soro fisiológico que são perfeitas para este propósito. Pergunte ao seu profissional de body piercing.

  • Não toque no piercing ou no brinco. As mãos sujas são veículos de germes que podem causar infeções. Lave as mãos antes de tocar nas orelhas ou nos brincos.
  • Nas suas atividades do dia-a-dia, não se esqueça que tem um piercing recente. Evite bater nas suas orelhas ao trocar de roupa, colocar os óculos, falar ao telemóvel ou pentear-se.
  • Tenha cuidado ao dormir. Poderá não conseguir deitar-se do lado em que fez o piercing.
  • Não use peróxido de hidrogénio nem álcool nos piercings. Estes produtos podem atrasar o processo de cicatrização.
  • Não use antibióticos em pomada, gel ou creme nos piercings. A sujidade pode ficar colada e impedir que o ar aceda à área que deve cicatrizar.

O que fazer perante um piercing infetado?

Contrariamente ao que pensávamos, o Hank não recomenda tirar o piercing se suspeitar de infeção. "Se pensa que o seu piercing está infetado, contacte o seu profissional de body piercing. NÃO tire o piercing, a pele poderá cicatrizar por cima da infeção e causar problemas maiores. Na maioria das vezes, o problema é causado pelos procedimentos de limpeza ou pelo tipo de desinfetante que é usado.

A infeção é muitas vezes causada por tocar no brinco ou no piercing com as mãos sujas ou por não desinfetar a ferida regularmente. As bactérias espalham-se como azeite na água, por isso certifique-se que tem as mãos limpas antes de tocar no seu piercing e que a ferida é limpa com frequência. Adicionalmente, é possível que o seu piercing infete se estiver muito calor e transpirar mais. Nesse caso, limpe-o com soro fisiológico com mais regularidade."

A boa notícia é que existem alguns procedimentos que pode seguir para evitar que o seu piercing infete.

  • Mantenha o seu piercing longe dos fluidos de outras pessoas, tais como a saliva ou a transpiração. Não deixe ninguém tocar, beijar ou lamber o piercing enquanto ainda não estiver cicatrizado.
  • Limpe os seus auscultadores, telemóvel, óculos de sol, bonés, capacetes e tudo o que possa estar em contacto com o piercing.
  • Evite usar cosméticos, loções e sprays para o cabelo perto do piercing.
  • Não tome banhos de imersão, não vá à piscina ou mergulhe num lago enquanto a ferida não tiver cicatrizado.
  • Evite a luz direta do sol, solários, areia, óleos bronzeadores e loções pois podem causar queimaduras e irritar o piercing.
  • Evite o stress, fumar, drogas e álcool pois afectam negativamente o processo de cicatrização.

Durante quanto tempo posso ter o furo sem brinco/piercing sem que este feche?

Sabemos que não são muitos os locais de trabalho que apreciam um piercing. O hank sugere que pergunte se um piercing transparente seria adequado. "É um piercing em bioplástico transparente, que é achatado em ambas as pontas." Se o trabalho não o permitir, "retire o brinco no trabalho e coloque-o de volta assim que sair do edifício."

Está preocupado que o furo feche enquanto está a tratar de papelada? "Se tiver o piercing há pouco tempo, o furo pode fechar em menos de 24 horas, principalmente se tiver sido feito com uma agulha própria pois esta não danifica a pele como a pistola. Se tiver o piercing há mais de um ano, pode esquecer-se de o colocar de volta durante uns poucos dias, mas mesmo nestes casos, o furo pode fechar mesmo estando cicatrizado."

Como cuidar dos seus brincos

“Não tire o brinco enquanto o furo não estiver cicatrizado. Se respeitar os cuidados a ter após fazer o piercing, irá conseguir prevenir uma infeção. Após a cicatrização, ainda pode ter uma infeção, mas essa hipótese é mínima, principalmente se limpar regularmente os seus brincos. Para limpar os seus brincos, mergulhe-os num recipiente com sabonete neutro e água, esfregue-os suavemente com uma escova e enxague abundantemente.”

Agora a parte divertida! O seu profissional de body piercing poderá ter alguma recomendação específica relativamente ao seu primeiro piercing que deverá certamente acatar. Assim que lhe será permitido trocá-lo...o céu é o limite! Encontrar o brinco certo para contar a sua história é muito mais divertido do que andar preocupado com autoclaves e limpezas com soros fisiológicos.

Perguntou - Nós respondemos

Quando é que surgiu o primeiro piercing?

O primeiro piercing foi encontrado num homem. Ötzi O Homem do Gelo é uma múmia que foi encontrada congelada nos Alpes. Pensa-se que tem cerca de 5.300 anos, apresentava tatuagens e piercings. Uma verdadeira estrela de rock nos dias de hoje.

A Bíblia menciona os furos nas orelhas que foram bastante populares nos anos 1.500 durante a Renascença Inglesa (lembra-lhe o Shakespeare?) Foi, durante algum tempo, uma coisa só de mulheres, mas hoje em dia recuperou a sua popularidade e parece ser uma moda que está para ficar.


Onde posso furar as orelhas?

Depende onde vive. Se vive na Dinamarca, sugerimos que visite o Hank Martin no estúdio Benny Black Tattoo. E ele está em Horsens, por isso não hesite em vir-nos dar um olá!


Quais são as tendências atuais no que concerne os brincos para homem?

“Na minha loja, os homens parecem preferir os studs. Tecnicamente, é um stud labret que consiste numa barra, uma extremidade plana e uma bola na outra extremidade.”


O preço reflete a qualidade?

“Em termos de preço, este normalmente reflete o que os profissionais da área cobram no seu país/área de residência. Em termos de jóia, o body piercer deve usar piercings adequados e o preço reflete normalmente os adornos que o piercing inclui. Assim, se alguém cobrar um valor bastante inferior aos restantes locais, pode ser um indício da qualidade das jóias.”


Quanto tempo pode demorar um piercing a cicatrizar?

O tempo de cicatrização depende do local onde foi feito o piercing, “o processo de cicatrização pode levar 2-6 semanas para um piercing no lóbulo.” Peça mais informações ao seu profissional de body piercing.


Porque é que os meus piercings têm um cheiro desagradável?

Esse cheiro poderá estar relacionado com as células da sua pele, os seus óleos corporais e bactérias. Misture estes 3 fatores e terá a combinação perfeita para cheirar mal. Lavar o piercing com sabão ou com soro fisiológico dará conta do problema.

Se o local está vermelho, em ferida ou deita pus por todo o lado...está provavelmente infetado e deverá consultar um profissional.


As pistolas são seguras? Ou é mesmo preferível optar pelo furo com agulha?

“A pistola força um objeto que não é contundente a furar a pele danificando os tecidos e podendo provocar uma cicatriz quelóide (um alto na parte de trás da sua orelha). Para além do mais, como não se pode colocar uma pistola numa autoclave, a única maneira de a esterilizar é usar uma solução antiséptica. O que pode provocar uma infeção por bactérias ou por vírus transmitidos pelo sangue que não foram devidamente eliminados da pistola.”

Pelo contrário, “a agulha pode ser esterilizada. É também bastante afiada e causa muitos menos danos à pele que vai ser furada. As hipóteses de contrair uma cicatriz quelóide é mínima.”


Os furos nas orelhas previnem as enxaquecas?

Algumas pessoas defendem que um piercing na orelha - um piercing daith, para sermos mais exatos - pode prevenir as enxaquecas uma vez que exerce pressão num sítio particular. No entanto, não há evidência científica que sustenta esta afirmação.


Uma infeção na orelha pode espalhar-se para outras zonas do corpo?

Se a área do piercing sangrar, se estiver inchada ou dorida e não melhorar com o ritual de lavagem que lhe indicámos acima… ela está provavelmente infetada. Consulte um profissional de saúde que lhe indicará o que deve fazer.

É muito raro que uma infeção num piercing espalhe pelo corpo. Mas como não gerimos uma clínica médica, aconselhamos a consultar um médico nestes casos.


Os piercings podem fechar?

Sim. E temos muita sorte que tal aconteça. Imagine como seria se os furos nunca mais fechassem..."O furo do piercing irá forçosamente fechar se retirar a jóia. Desde que o tecido não esteja danificado e não esteja esticado para um tamanho maior, o seu fecho está praticamente garantido.”


Os furo dos piercings deixam cicatrizes?

A cicatriz normalmente surge devido ao trauma causado pela pistola. No entanto, a possibilidade de cicatriz depende do seu corpo e de como o piercing foi feito.


Qual o tipo de piercing de orelha devo escolher?

Bem, isso apenas depende de si e da história que pretende contar. O seu profissional de body piercing pode ter uma opinião válida quanto ao melhor piercing para se usar numa primeira vez, com base no material, peso, etc. então ouça o que ele/a tem para dizer.

No que concerne o brinco que irá colocar a seguir, dê uma vista de olhos na nossa seleção. Organizámo-los com base na sua popularidade. Ás vezes, saber o que os outros homens gostam ajuda-nos a tomar decisões. No entanto, tudo se resume a isto: qualquer que seja o brinco eleito, use-o com confiança.


Conheça Hank Martin – Profissional de Body Piercing

O Hank Martin é natural de Austin, no Texas (EUA) e viveu e trabalhou na Dinamarca e na Alemanha durante mais de 5 anos. Tem mais de uma década de experiência na indústria dos piercings e trabalha com grande precisão, limpeza e profissionalismo.

O Hank esforça-se por criar um ambiente divertido e convidativo para os seus clientes para que tenham a melhor experiência possível. Na Dinamarca, pode encontrá-lo no estúdio Benny Black Tattoo.

Novos guias

Como usar uma boina com estilo

Não sabe como usar uma boina com estilo? Iremos desvendar todos os mistérios e mostrar-lhe como fazer muito mais do que...

Como usar um laço (e usá-lo bem)

Como atar um laço: um guia passo-a-passo para que o seu laço esteja sempre bem. E ainda, tudo o que precisa de saber par...

Como fazer um nó de gravata: 30 diferentes nós de gravata

Aprenda 30 maneiras diferentes de fazer um nó de gravata com instruções passo-a-passo - desde nós de gravata clássicos a...

O que vestir em casamentos: Ideias para homem

Não sabe o que vestir num casamento em que foi convidado? Iremos revelar os meandros da arte de bem vestir em casamentos...

Os acessórios do noivo – Tudo o que precisa de saber!

O seu casamento é uma grande oportunidade de mostrar o seu estilo através dos acessórios. Botões de punho, laços, faixas...

Guia para novatos: Os brincos para homem

Quer usar brincos mas não sabe por onde começar? Explorámos o mais importante na arte de usar brincos: o tipo de fecho,...

As 7 malas que não está a usar...mas que devia

A mala certa pode fazer maravilhas por si. Quer seja para uma escapadela de fim-de-semana ou para levar para o ginásio,...

Sobre nós

Contar histórias através de acessórios para homem é o que nos define. Toda a gente tem uma história. Qual é a sua?

Como arrumar, lavar e engomar gravatas

O nosso guia completo para cuidar das suas gravatas em seda, lã, poliéster e algodão - desde como levá-las em viagem e a...

Ver todos os guias
Voltar
Nova palavra-passe

Yeah! Acabámos de lhe enviar um e-mail. Está quase :-)

Ups! Precisamos do seu e-mailEndereço de e-mail inválido