A mola de gravata - Tudo o que precisa de saber!

Aqui irá aprender tudo o que é necessário saber sobre molas de gravata, prendedores de gravata e acessórios para gravata. A começar nos materiais, passando pela melhor forma de usá-los com um rei e muito mais! E tudo isto em apenas 10 minutos.

Uma mola ou um prendedor de gravata é um acessório metálico elegante e cheio de estilo que prende a sua gravata à camisa. Com este guia, aprenderá a usar acessórios para gravata como a mola de gravata para tirar o máximo partido da funcionalidade e do aspeto visual do seu conjunto.

Porque se deve usar uma mola de gravata?

É obrigatório usar molas de gravata? Não. Mas, tem tantos ótimos motivos para fazê-lo.

  • É funcional. Uma mola de gravata irá manter a sua gravata no lugar durante todo o dia.
  • Também irá ajudar a manter a sua gravata limpa. Nunca mais irá mergulhá-la no bacalhau com broa inundado de azeite no casamento do seu primo.
  • Faz uma figuraça e, como qualquer acessório, é uma forma astuta de expressar o seu estilo pessoal. Qual é o homem que não quer parecer que acabou de sair das páginas da GQ?
  • Mostra que pertence a um grupo. As molas de gratava com logos ou emblemas podem indicar a sua afiliação a uma organização, hobby, clube, causa ou corporação que apoia ou em que participa.
  • Ela permite dar alguma personalidade à parte superior da sua gravata, se for esse o seu estilo. Basta dar uma folga à parte superior da sua gravata antes de prender a mola de gravata. Irá sentir-se menos constrangido e sentir-se à incrível.
  • Se os seus ombros não estão alinhados. Uma mola de gravata ajudará a sua gravata a estar direita.
  • É uma engenhoca acessível para usar num momento MacGyver, como quando tem de abrir algo ou desativar uma bomba.

Tipos de acessórios para gravatas

A mola de gravata e o prendedor de gravata são os acessórios mais frequentes deste elegante acessório, mas também iremos abordar o pino de gravata (com ou sem corrente), a corrente de gravata e a cinta de gravata.

O prendedor de gravata

Um prendedor de gravata é uma tira em metal dobrado semelhante a uma mola do cabelo. Ele desliza sobre a gravata e a parte de trás da camisa para manter tudo no sítio.

Perfeito para os homens que querem que a sua gravata permaneça plana ou para os homens que preferem tecidos de gravata mais finos e delicados.

A mola de gravata

Uma mola de gravata é um pouco mais técnica, pois possui um mecanismo de mola similar a uma mola da roupa que mantém a gravata no lugar.

Perfeita para homens que usam gravatas em malha ou feltro mais volumosas. Uma mola de gravata pode ser usada em tecidos mais delicados, no entanto, pode danificá-los ou fazer com que fiquem franzidos se a mola for muito apertada.

A corrente de gravata

Uma corrente de gravata prende a sua gravata à sua camisa com uma corrente solta. A barra da corrente de gravata prende-se ao botão da camisa e a gravata coloca-se entre a barra e a corrente. O posicionamento de uma corrente de gravata é o mesmo de uma mola de gravata. A largura da barra que se prende ao botão deve ser aproximadamente 2,5 cm mais curta do que a largura da gravata para garantir que ela permance oculta.

É perfeita para o homem que prefere que a sua gravata não esteja completamente fixa ou que quer ter um look mais retro. A corrente deve ser comprida o suficiente para dar um pouco de folga à gravata. Lembre-se, quanto mais folga a corrente tiver, mais solta estará a sua gravata.

O pino de gravata (com e sem corrente)

Os pinos de gravata quer tenham corrente ou não têm praticamente o mesmo mecanismo. Eles perfuram o centro da sua gravata. Um pequeno fecho na parte de trás protege o pino e prende-o à sua camisa com uma corrente. O seu posicionamento na gravata pode ser ao mesmo nível de um prendedor de gravata ou mesmo um pouco mais acima ou mais abaixo, conforme a sua preferência.

Perfeito para os homens que dão mais valor ao que é moderno do que ao prático. Quanto mais o pino estará alto, mais a eficácia de manter a sua gravata no lugar será baixa. Para além disso, use-o apenas com tecidos mais folgados ou com tecidos mais robustos, pois o pino pode marcar ou danificar uma gravata mais delicada.

A cinta de gravata

As cintas de gravata são uma inovação relativamente recente. Estas pequenas tiras em plástico ou tecido encaixam-se na etiqueta situada na parte de trás da gravata e fixam-se em dois botões da sua camisa. A cinta mantém a sua gravata no lugar, permitindo uma folga vertical para mais conforto.

Perfeita para o homem que quer restringir o movimento da sua gravata sem danificar o tecido ou para o homem que não quer usar um acessório vistoso.

Como usar uma mola de gravata

As molas de gravata são elegantes e simples de usar, no entanto, aqui estão algumas dicas com imagens que irão ajudá-lo a garantir que as use corretamente.

A largura da mola de gravata

A regra principal ao escolher uma mola de gravata é garantir que é adequada à largura da sua gravata. Aposte numa com um comprimento de aproximadamente 70-80% da largura da gravata. Pode optar por uma mais curta, mas mais comprida nunca.

A altura da mola de gravata

Deve colocar a mola de gravata sempre entre o terceiro e o quarto botão a contar do topo da sua camisa. Coloque-a demasiado alto e ela irá perder a sua funcionalidade; demasiado baixo, ela ficará escondida pelo seu blazer. Deve ficar mais ou menos ao nível do bolso do seu blazer.

O ângulo da mola de gravata

Certifique-se que a mola de gravata está colocada na horizontal. Os ângulos retos parecem mais arrumadinhos e organizados. Há quem argumente que a mola de gravata pode ser colocada num ângulo inclinado, mas, na nossa opinião, é preferível nem usar mola de gravata nesse caso.

Não se esqueça de incluir a sua camisa

A mola de gravata tem uma função: manter a gravata no lugar, então não prenda apenas a gravata. Inclua a sua camisa também ou a sua gravata irá bater-lhe no nariz com o vento.

Seja cuidadoso

Não faça demasiada força na mola de gravata pois poderá danificar o tecido da sua gravata. Certifique-se que a sua gravata permanece lisa e plana após colocar a mola de gravata.

Mais algumas dicas

Acima estão as regras mais importantes que deve conhecer, no entanto, compilámos mais algumas dicas que poderão dar-lhe uma vantagem extra.

Alguma folga adicional

Na foto Lenço de Bolso em Seda Azul & Bordeaux, Flor de Lapela Azul Céu & Gravata Azul / Bordeaux Axadrezada

A folga extra na gravata entre a mola de gravata e o nó, acrescenta profundidade e mobilidade.

Ao colocar a mola de gravata, puxe ligeiramente a gravata antes de a fixar. A folga extra permite mais liberdade de movimentos durante todo o dia e também adiciona profundidade ao seu conjunto.

Harmonizar com os demais metais

Tente combinar o metal da sua mola de gravata com o metal dos seus botões de punho ou com o metal da fivela do seu cinto. Desta forma, todo o conjunto terá um visual refinado e coeso. Leia mais sobre a teoria da cor, para mais detalhes acerca de como combinar a cor nos seus conjuntos.

Divirta-se

Na foto Mola de Gravata Curta Vermelha & Flor de Lapela Dália Preta / Branca

Não tenha medo de se divertir com acessórios para gravata coloridos.

Use uma mola de gravata para conferir um pouco de diversão ao seu conjunto. Um toque de cor ou um pouco de brilho pode acrescentar alguma excentricidade a uma roupa formal e é também um ótimo início de conversa.

O colete não entra

Na foto Relógio de Bolso Dourado e Branco Time Keeper, Mola de Gravata Dourada em Forma de Âncora, Alfinete de Lapela Pato Amarelo & Pulseira Castanha & Bege Roy

Tentámos incluí-lo e, na nossa opinião, deve evitar usar uma mola de gravata com um colete.

Não use uma mola de gravata juntamente com um colete. O colete mantém a sua gravata no lugar, por isso a mola é completamente inútil. É como usar suspensórios com um cinto. Quisemos dar o benefício da dúvida à combinação mola + colete e apesar de ser tendência, a nossa opinião continua a ser a mesma.

Mantenha-se fiel a si próprio

Na foto Mola de Gravata Prateada em Forma de Bigode

Mantenha-se fiel a si próprio e arrase com a mola de gravata com que se sentir melhor.

Escolha algo que se adapte ao seu estilo pessoal. Uma mola de gravata com uma caveira com olhos de strass funcionará na perfeição se tiver a ver consigo e com a sua personalidade. Se está a dar os primeiros passos no mundo dos acessórios para gravatas, uma mola de gravata prateada é sempre uma escolha inteligente, já que a cor prateada fica fora do círculo cromático, e, portanto, funciona bem com praticamente tudo.

O evento

Na foto Mola de Gravata Curta Oval em Prata 925, Cinto Preto com Fivela Forte, Lenço de Bolso com Padrão Xadrez & Gravata Xadrez Preto

Faça-se valer de todas as desculpas possíveis para usar uma mola de gravata! Excepto num funeral, pois não seria apropriado.

Escolha a sua mola de gravata de acordo com a ocasião. Elas não são muito apropriadas em funerais ou numa entrevista de trabalho, pois são demasiado chamativas. Mas num casamento ou a jogar Black Jack em Monte Carlo? Por que não?

Tenha cuidado com as riscas

Evite usar uma mola de gravata ás riscas com uma camisa ou uma gravata igualmente ás riscas. Guarde as molas com padrões para usar com camisas e gravatas lisas.

Materiais usados nas molas de gravata

A maioria dos acessórios para gravata são em metal. Os modelos mais elaborados são decorados com materiais tais como a madeira, o tecido, as pedras preciosas, as pérolas, o esmalte, o plástico, a resina e o vidro. Escolher o material certo da mola de gravata de acordo com as necessidades é primordial, pois deve-se considerar a forma, a função e a durabilidade quando se trata do desgaste.

Molas em liga metálica

As ligas são uma mistura de dois ou mais elementos metálicos. Isso torna os materiais fortes e moldáveis para poderem ser usados para fazer joalharia. Muitas vezes, eles são revestidos em ouro, prata ou platina, o que os torna especialmente atrativos em acessórios para gravata.

  • Pró: Muito acessível
  • Pró: Metal forte
  • Pró: Pode ser banhado
  • Pró: Resistente aos riscos
  • Contra: O cuidado de cada liga depende do metal de base
  • Contra: Pode conter níquel que pode causar reacções alérgicas

Molas de gravata em bronze

O bronze é uma liga constituída por cobre e zinco com um tom dourado característico. O bronze é frequentemente usado no fabrico de jóias porque não mancha como a prata e é mais económico que o ouro. Com o cuidado adequado, as molas em bronze podem ser duráveis e são uma alternativa atrativa aos outros metais.

  • Pró: Similar ao ouro em aparência
  • Pró: Mais barato que o ouro
  • Pró: Não mancha tão facilmente quanto a prata
  • Pró: Fácil de limpar
  • Contra: Pode manchar ao longo do tempo se não for cuidado
  • Contra: O bronze não revestido não pode ser gravado

Molas de gravata em aço inoxidável

O aço inoxidável é, de longe, um dos metais mais fortes e duráveis utilizados na produção de molas de gravata. Elas irão durar toda a vida sem nunca exibir riscos ou defeitos. Este material também pode ter uma variedade de acabamentos, como banhos dourados, dourados rosa ou pretos para combinar com todos os seus looks.

  • Pró: Metal super durável
  • Pró: Disponível numa variedade de acabamentos atrativos
  • Pró: Resistente aos riscos
  • Pró: Não mancha
  • Pró: Gravável
  • Contra: Mostra as manchas e as impressões digitais
  • Contra: Pode conter níquel que pode causar reacões alérgicas

Molas de gravata em prata de lei

A prata de lei é composta por prata misturada com outros metais para aumentar a sua dureza e durabilidade. Embora ela apresente manchas muito facilmente, também se limpa sem esforço. A prata de lei não contém níquel, por isso é uma opção hipoalergénica ótima na produção de jóias.

  • Pró: Gravável
  • Pró: Isenta de níquel
  • Pró: Fácil de limpar
  • Pró: Esteticamente agradável
  • Contra: Risca-se facilmente
  • Contra: Mancha-se facilmente
  • Contra: É um dos metais mais moles

Molas de gravata em titânio

O titânio é leve e três vezes mais forte que o aço. Devido à sua durabilidade incrível, é perfeito na produção de jóias. O titânio é mais barato que a maioria dos outros metais e também é hipoalergénico.

  • Pró: Gravável
  • Pró: Leve
  • Pró: 100% hipoalergénico
  • Pró: Resistente aos riscos e danos
  • Pró: Fácil de limpar
  • Contra: Não tem o valor do ouro e da prata
  • Contra: Não pode ser soldado, o que limita os designs possíveis

Molas de gravata em tungsténio

O tungsténio é outro metal atrativo e extremamente duro que é maravilhoso para criar jóias. O seu acabamento brilhante resiste ao desgaste e ás manchas. É acessível e hipoalergénico, tornando-se num excelente material para a produção de molas de gravata.

  • Pró: Extremamente resistente aos riscos e manchas
  • Pró: O revestimento manterá o seu brilho
  • Pró: Gravável
  • Contra: Mais pesado que os outros metais
  • Contra: Material tendência que pode sair de moda rapidamente

Mais um pouco de história sobre a mola de gravata

Os acessórios para gravata surgiram em meados do século XIX ...
As gravatas originais eram muitas vezes confecionadas com materiais luxuosos, como a seda e a renda, que como eram leves, nunca estavam no lugar devido. O pino de gravata (com ou sem corrente) foi inicialmente usado para prender as gravatas e pareciam desempenhar o papel na perfeição. No entanto, em 1926, quando a gravata evoluiu ao ser cortada na diagonal para impedir o levantar e dobrar, o prendedor e a mola de gravata surgiram e tornaram-se no acessório de eleição. Furar e mutilar o tecido da gravata já não era necessário!

Após a Segunda Guerra Mundial, a noção de marca corporativa evoluiu e as molas de gravata eram o meio perfeito para ligá-lo à sua empresa ou clube. À medida que os anos passavam e o "flower power" se instalou, o estilo era mais casual e os acessórios para gravata entraram em desuso. Felizmente para o homem elegante de hoje, a moda masculina está a voltar ás suas raízes clássicas e os acessórios para gravata estão outra vez a ocupar o centro das atenções em todo o mundo.

Inspire-se

Inspire-se nos nossos looks semanais mais recentes e veja como usámos as molas de gravata.

Um apontamento final

Embora o código de vestuário tenha sempre estado bem estabelecido ao longo das décadas, houve sempre rebeldes em cada geração que mandavam à fava o status quo e usavam o que lhes dava na gana. Então, como com todas as tendências, aja de acordo com as suas convicções e use acessórios para gravata apenas para tirar partido do seu estilo pessoal.

Perguntas e respostas

Como devo usar um prendedor de gravata?

Deve usar um prendedor de gravata entre o 3º e o 4º botão a contar do topo da sua camisa. Basta deslizá-lo horizontalmente segurando ao mesmo tempo a gravata e a camisa. Deve ser colocado ao mesmo nível do bolso do seu blazer.

Posso usar uma mola de gravata num funeral?

Em regra geral, evite usar molas de gravata num funeral por respeito pelo ambiente de consternação.

Posso usar uma mola de gravata num casamento?

Claro que sim! Um casamento é um ótimo momento para ostentar a sua herança e desviar as atenções da noiva. Estamos a brincar. Mantenha a classe.

Posso usar uma mola de gravata com um smoking?

Considerando que os smokings são usados com um laço e não com uma gravata, é óbvio que as molas de gravatas não devem ser usadas.

O que é uma corrente de segurança?

Uma corrente de segurança prende o seu acessório para gravata ao botão da sua camisa, para garantir que não o perde quando estiver a dançar freneticamente na festa de Natal da empresa.

Como devo cuidar das minhas molas de gravata?

A maioria das molas de gravata deve ser limpa tal como se de uma outra jóia se tratasse, dependendo do material. Evite molhá-las e mantenha-as polidas com um pano macio. Para além disso, guarde esses acessórios numa bolsa separada ou numa caixa própria para evitar que se risquem e que estejam expostos ao ar.

Como devo armazenar/transportar as minhas molas de gravata quando não estiver a usá-las?

Pode comprar uma caixa própria para molas de gravata de viagem. As peças manter-se-ão separadas para evitar riscos indesejados.

De que lado da camisa devo colocar a minha mola de gravata?

Deve prendê-la na camisa na zona dos botões, para que a use apenas numa só direção.

Posso usar uma mola de gravata com um casaco desportivo ou com um blazer e jeans?

Pode definitivamente usar uma mola de gravata com um casaco desportivo ou um blazer e jeans. Esta é também uma ótima oportunidade para usar molas mais especiais, como a tal da caveira que mencionámos acima.

É um exagero usar a mesma mola de gravata todos os dias?

Não, desde que a mola eleita seja subtil e de cor neutra. No entanto, quando se apaixonar pelos acessórios para gravata, a sua coleção crescerá e terá aí mais opções.

Devo usar uma camisa com botões com uma gravata e uma mola de gravata?

Considerando que a função de uma mola de gravata é de prender a sua gravata á sua camisa para mantê-la no lugar, a resposta é bastante óvia.

Posso usar uma mola de gravata e um pino de gravata ao mesmo tempo?

Usar uma mola de gravata juntamente com uns botões de punho e um lenço de bolso, é uma decisão acertada. No entanto usar uma mola de gravata e um pino de gravata ao mesmo tempo é completamente inútil uma vez que têm exatamente a mesma função. Mas se quiser iniciar uma nova tendência, é consigo.

Posso usar uma mola de gravata com uma gravata estreita?

Claro, pode usar uma mola de gravata com uma gravata estreita, desde que não seja mais comprida que a largura da gravata.

Posso usar uma mola de gravata inclinada?

Se tiver de ser, pode usar uma mola de gravata demasiado comprida inclinada para cima para ocultar que é mais comprida que a gravata. Mas apenas numa situação de desespero absoluto. Uma opção melhor será talvez não usar mola de gravata nenhuma.

Ir para o topo